20°C 30°C
São Mateus, ES

Policiais militares prestam ajuda a mãe em Muqui

A sensibilidade e a ação rápida de um grupo de policiais militares evitaram que o pior pudesse acontecer com uma mulher em desespero, no interior d...

25/05/2024 às 09h46
Por: Redação Fonte: Polícia Militar - ES
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Polícia Militar - ES
Foto: Reprodução/Polícia Militar - ES

A sensibilidade e a ação rápida de um grupo de policiais militares evitaram que o pior pudesse acontecer com uma mulher em desespero, no interior de Muqui. Ela disse que queria tirar a própria vida, mas voltou atrás após a intervenção da equipe.

Durante o deslocamento das duas viaturas, onde estavam seis policiais da Força Tática da 15ª Cia Ind, a equipe foi informada por uma motorista que havia uma mulher sentada no acostamento da pista, chorando e em evidente estado de desespero.

A mulher, de 35 anos, estava recém-divorciada, com três filhos para cuidar e enfrentando sérias dificuldades financeiras. Ela contou aos policiais sobre sua situação precária, sem comida em casa e com o aluguel atrasado. A pressão e as ameaças do ex-marido, que se recusava a pagar a pensão, agravavam ainda mais seu sofrimento.

Os policiais da Força Tática, ao perceberem o estado crítico da mulher, sentaram ao seu lado e a deixaram desabafar. "Ela se abriu, falou sobre suas dificuldades, e nós a escutamos com atenção", relatou o sargento Gomes. A equipe conseguiu acalmá-la, explicando que sua situação poderia ser resolvida com ajuda apropriada.

Em um ato de solidariedade, os policiais levaram a mulher a um supermercado em Atílio Vivácqua e, através de uma vaquinha entre eles, compraram aproximadamente R$ 700 em alimentos e suprimentos essenciais para ela e seus filhos.

A mulher confessou que estava pensando em tirar a própria vida, mas agradeceu aos policiais, dizendo que a ajuda deles foi um "milagre de Deus". A ação dos policiais não parou por aí. Eles entraram em contato com o serviço social da prefeitura de Muqui para garantir suporte contínuo à mulher e sua família.

"Nosso objetivo era preservar a vida", destacou sargento Gomes. "A gente está acostumado ao combate real, mas também precisamos estar preparados para lidar com situações como essa. Por trás da farda, existe um ser humano”.

Foto: Reprodução/Polícia Militar - ES
Foto: Reprodução/Polícia Militar - ES
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Mateus, ES
22°
Tempo limpo

Mín. 20° Máx. 30°

22° Sensação
2.34km/h Vento
85% Umidade
53% (0.9mm) Chance de chuva
06h11 Nascer do sol
05h12 Pôr do sol
Ter 29° 19°
Qua 28° 19°
Qui 31° 18°
Sex 28° 20°
Sáb 31° 18°
Atualizado às 19h06
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,39 -0,75%
Euro
R$ 5,79 -0,46%
Peso Argentino
R$ 0,01 -1,10%
Bitcoin
R$ 343,667,85 -5,84%
Ibovespa
122,636,96 pts 1.07%
Publicidade